I've been locked inside your heart-shaped box for weeks
I've been drawn into your magnet tar pit trap
Seus lábios nos meus. Meus braços nos teus. Duas almas em um só coração.
Juliana Coelho (via en-tardecer)
O que morre com o passar do tempo vejo renascer te escrevendo.
Elisa Bartlett  (via resistiu)
A Saudade não tem braço mas aperta.
— sexthy  (via pensamentos-antigos)
Ah, fumarás demais, beberás em excesso, aborrecerás todos os amigos com tuas histórias desesperadas, noites e noites a fio permanecerás insone, a fantasia desenfreada e o sexo em brasa, dormirás dias adentro, noites afora, faltarás ao trabalho, escreverás cartas que não serão nunca enviadas, consultarás búzios, números, cartas e astros, pensarás em fugas e suicídios em cada minuto de cada novo dia, chorarás desamparado atravessando madrugadas em tua cama vazia, não conseguirás sorrir nem caminhar alheio pelas ruas sem descobrires em algum jeito alheio o jeito exato dele, em algum cheiro estranho o cheiro preciso dele.
Caio Fernando de Abreu (via pecadilho)
Se meu filme chamasse curtindo a vida, o cartaz seria eu dormindo.
Tati Bernardi.   (via poetaciumenta)
"vc é virgem?" "nao, sou de aquario" "tava desconfiando mesmo, piranha"

FUTURASUICIDA ©